Nos dias 29, 30 e 31/10, a Cesuca realizará a II Feira do Livro. O tema desta edição é bem especial: Modernidade e Patrimônio: Leituras Possíveis.

A Feira do Livro tem o objetivo de incentivar o hábito da leitura, aproximando os leitores dos escritores brasileiros e dos debates atuais sobre modernidade e sobre a urgência da manutenção/preservação do patrimônio histórico-cultural nacional.

Mesmo com sofisticadas estratégias de marketing, o livro é um produto cultural dependente da criação do hábito da leitura e da formação do leitor, para que possa cumprir a função a que se destina.

Assim, tanto a leitura quanto o leitor são criações do processo educacional. A falta de leitura e a carência de leitores refletem a distância que se instalou entre a educação e a cultura, o que está na origem de várias crises e dificuldades sociais. A Feira do Livro está comprometida em contribuir para alterar esta perspectiva.

Confira a programação:

 


29/10 – Segunda-feira

20h15 – Abertura
20h30 – Palestra de abertura “Tecnologia e Inovação”
Luciano Potter (Comunicador Grupo RBS)

 

30/10 – Terça-feira

8h30 às 10h – “Cachoeirinha: Histórias possíveis”
Prof. Dr.  Guilherme Dias da Silva (Historiador e pesquisador)

18h30: Contação de História (hall)

19h15 às 20h45- Oficina “Hora do Conto”- Rosane Castro
Produtora Cultural e Contadora de Histórias

31/10 – Quarta-feira

8h30 às 10h – Oficina “Patrimônio, Museus e Educação”
Profa. Ms. Glaucia Lixinski De Lima Kulzer (MUHM)
Profa. Ms. Angela Beatriz Pomatti (MUHM)

19h15 às  20h45 – Mesa-redonda “Ações patrimoniais para ler o mundo”
Maria Ines Guilloux (Museu Municipal Agostinho Martha – Gravataí)
Marcos Monteiro (Historiador e pesquisador)
Mediação: Prof. Dr. Everton Quevedo (CESUCA)

 

Casa dos Batistas, patrimônio tombado no município, causa sobre a qual o tema da feira se refere.